quinta-feira, 2 de junho de 2011

O clipe de Rihanna "Man Down" está sendo alvo de pressão

Rihanna lançou seu novo vídeoclipe "ManDown", o quinto single do disco "Loud", mais uma vez a cantora voltou ao seu status polêmico. No vídeo, a cantora como já era de se imaginar, ela em uma determinada cena do clipe, aparece atirando na cabeça de um homem que caminha desarmado pela rua. mata um homem com um tiro na cabeça após ser agredida sexualmente.
"Man Down" foi gravado na Jamaica e tem direção de Anthony Mandler, que havia trabalhado no seu clipe "California King Bed" que também deu o que falar. Porém, o novo vídeo, está sendo alvo de pressão de alguns grupos norte-americanos estão tentando baní-lo.
Co-fundador do grupo Industry Ears, Paul Porter disse ao ABC News que "se Chris Brown atirasse em uma mulher em um clipe seu, o mundo pararia. Rihanna não deveria se safar. O vídeo está longe de ter conteúdo digno de exibição"
Já Melissa Henson, da Parents Television Council --associação que supervisiona conteúdo na TV dos Estados Unidos, acha que Rihanna perdeu "uma oportunidade de ouro para mandar uma mensagem importante para as vítimas de estupro e violência doméstica". (Fonte: UOL)
A cantora não se mostra incomodada com a repercussão do vídeo. Em seu Twitter agradeceu as respostas destinadas ao clipe e completou com "Eu amo vocês, e amo que vocês entenderam".